cinema, música, Sem categoria, TV

Robert Johnson e o diabo na encruzilhada

Que o rock é preto não há dúvidas, mas sabemos também sobre o apagamento cultural pelo qual a população negra é imposta secularmente. Desde Sister Rosetta que passou a ser creditada há poucos anos, até a identificação de músicos negros da atualidade que estão fazendo rock de qualidade por mais que fora dos holofotes. A… Continuar lendo Robert Johnson e o diabo na encruzilhada

Sem categoria, TV

Caçando Nazistas

Desde que acompanhei Watchmen e The Leftovers, nenhuma série consegue me prender por mais de dois epsódios. Me tornei mais exigente com o enredo, atuação e coisas que Lindelof faz de maneira excepcional (sou fã, sim).  Enfim consegui dar uma chance à Hunters por dois motivos: produção de Jordan Peele (Corra!) e  Al Pacino no… Continuar lendo Caçando Nazistas

cinema, Sem categoria, TV

Watchmen – entre o massacre de Tulsa e a Sétima cavalaria

Em maio de 1921 centenas de pessoas brancas invadiram Greenwood, uma das comunidades negras mais prósperas dos EUA, que por este motivo era denominada "A Wall Street Negra", saquearam, assassinaram e separaram várias famílias. Segundo a BBC em publicação onde explica mais sobre o hoje conhecido como Massacre de Tulsa, cerca de 1000 casas e… Continuar lendo Watchmen – entre o massacre de Tulsa e a Sétima cavalaria

Literatura, Sem categoria

13 de Maio de 1888: falsa abolição?

Em 1888 tinha fim a escravidão no Brasil. Mesmo com o fim da escravidão em território nacional, a população negra desde então mantêm-se submetida à condiçõs análogas à escravidão. É muito comum ouvirmos que o que houve na verdade foi uma falsa abolição. Há quem diga (em tempos de jornaismos fajutos e das mentiras que se… Continuar lendo 13 de Maio de 1888: falsa abolição?

Sem categoria

O filme mais racista do mundo e o retorno de Spike Lee

Sim, existe um filme considerado como o mais racista do mundo e que foi muito aceito pela sociedade norte americana nos tempos de segregação. Lançado em 1915 , "The Birth of a Nation" (O Nascimento de uma nação), o filme conta a história de duas famílias durante a Guerra de Secessão e uma suposta violência… Continuar lendo O filme mais racista do mundo e o retorno de Spike Lee

Mulheres Negras Inspiram, representatividade

Antonieta de Barros

Filha de mãe lavadeira e escrava liberta, órfã de pai, Antonieta de Barros, com incentivo da mãe estudou magistério e tornou-se professora de Português e Literatura, uma das poucas formações permitidas para mulheres naquela época. Nascida em julho de 1901, Antonieta de Barros é reconhecida como a primeira mulher a participar e integrar a Assembleia… Continuar lendo Antonieta de Barros

cabelo, cinema, empoderamento, TV

Eu não sou só o meu cabelo ou por todos os anos em que me resumi somente a ele

A autoestima da mulher negra não está somente no cabelo. Nosso cabelo faz parte da nossa história, desde as lembranças de quando alisamos pela primeira vez (a maioria de nós ainda bem pequenas), das mães sofrendo para desembraçar e reclamando que a agente não parava quieta. Minha avó ainda se lembra de quando chegava a… Continuar lendo Eu não sou só o meu cabelo ou por todos os anos em que me resumi somente a ele