Mulheres Negras Inspiram, representatividade, Sem categoria

Consciência Negra: inspirações | Rosa Parks

Rosa Louise McCauley, também conhecida como Rosa Parks nasceu em 1913 no Alabama, EUA. Integrante da National Association for the Advancement of Colored People (NAACP – Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor), Rosa era casada com Raymond Parks que também era militante. Assim como todos os negros norte-americanos naquela época, Rosa Parks sofreu com a segregação racial.

rosa_parks.jpg

Para quem não conhece a história de Rosa Parks, um dos acontecimentos que fez com que ficasse conhecida no mundo inteiro aconteceu num ônibus em Montgomery em dezembro de 1955.

Na época em que a segregação era legal, os negros eram obrigados a ceder seus lugares para os brancos que entrassem nos transportes coletivos, caso não houvessem mais lugares disponíveis, assim como eram obrigados a entrar, pagar a passagem, descer do ônibus e entrar pela porta de atrás. Os locais públicos eram divididos entre lugares para brancos e lugares para negros, assim como nos ônibus. A parte da frente era ocupada por brancos e a parte de trás, por negros. Assim aconteceu durante anos.

Porém, certo dia Rosa Parks recusou-se a levantar do banco para dar lugar a uma pessoa branca. Como descumpriu uma lei sim, uma lei, Rosa foi presa por algo absurdo, pagando fiança e recebeu apoio de vários ativistas que lutavam pelos direitos civis dos negros, assim como Martin Luther King Jr.

Em entrevista, Rosa afirmou queNa verdade senti que tinha o direito de ser tratada como qualquer outro passageiro. Havíamos suportado aquele tipo de tratamento por muito tempo”.

rosaparks.jpg

Após a saída de Rosa da cadeia, várias manifestações foram organizadas em boicote aos ônibus de Montgomery e que se estendeu para várias cidades dos EUA. O boicote tomou uma proporção grandiosa, gerando prejuízos financeiros às empresas de ônibus, fazendo com que houvesse uma mudança na lei: em 1956 a segregação no transporte público passou a ser inconstitucional.

Após o boicote aos ônibus, Rosa afirmou que não teve medo do que viria a seguir, na verdade ficou feliz por perceber que não estava sozinha. Rosa Parks ficou conhecida como “a mãe dos direitos civis dos negros” nos EUA e mesmo sendo forçada a se mudar com seu marido para outra cidade sob ameaças de morte, não parou de militar pela causa negra. Martin Luther King usava sempre o nome de Rosa para influenciar mais pessoas a lutarem pelos direitos civis.

 

Em entrevista sobre o ocorrido na época, Rosa Parks lembra que nenhum negro tinha direito a nada, “Era apenas uma questão de sobrevivência, de existir dia após dia”. Rosa cita também um certo dia em que ouviu uma caminhada da KKK (ku klux klan) seguido de um linchamento e teve medo de que sua casa também fosse queimada.

rosa-parks.jpg

O instituto Rosa and Raymond Parks, criado em 1987 por Rosa Parks e Elaine Steele ajuda a informar aos jovens a importância dos direitos civis na sociedade, através de um programa de palestras conhecido como Pathways to Freedom. Rosa contribuiu para o instituto até o ano da sua morte.

rosa-parks-wisdom

Falecida em 2005, aos 92 anos, Rosa Paks recebeu vários prêmios e condecorações como a Medalha de Ouro do Congresso, recebida em 1999, a Medalha Presidencial da Liberdade, em 1996, uma das maiores honrarias dos EUA, a Spingarn Medal da NAACP em 1979, a mais elevada distinção da entidade e teve seu nome batizado por várias ruas.

obama-rosa-parks
Estátua inaugurada em 2013 em homenagem à Rosa Parks no salão das estátuas do Capitólio

Rosa Parks movimentou-se em favor de uma causa de todos. Nos inspira e nos motiva a fazer mais por nós mesmos.

______________________________

Fonte: http://www.achievement.org/achiever/rosa-parks/

Kelly Souza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s