Mulheres Negras Inspiram

Consciência Negra: Inspirações| Ruth de Souza

Ruth Pinto de Souza ou Ruth de Souza nasceu em 1921 no Rio de Janeiro, conhecida como a primeira dama negra do teatro, televisão e cinema brasileiros.

Ruth de Souza viveu numa cidade do interior de Minas Gerais até os nove anos de idade, partindo para o RJ interessou-se pelo teatro ainda criança. Após demonstrar interesse pelo teatro, uniu-se ao grupo Teatro Experimental do Negro, grupo de Abdias do Nascimento e fez sua estreia aos palcos no Teatro Municipal do Rio de Janeiro em 1945, com a peça O Imperador Jones, de Eugene O’Neill.

SOUZA-RUTH-DE_41-600x472
Ruth de Souza e o ator Grande Otelo, em 1953   (Imagem: Folhapress)

Sob as consequências do seu grande talento, Ruth foi indicada à uma bolsa de estudos da Fundação Rockefeller onde estudou por um ano nos EUA, em Harvard.

Sua estreia nos cinemas aconteceu em 1948 no filme Terra Violenta, uma adaptação do romance Terras do sem fim de Jorge Amado. Depois desta estreia, Ruth passou a se dedicar quase que exclusivamente ao cinema em produções como Falta Alguém no Manicômio (1948), Também Somos Irmãos (1959), Ângela (1951) e Sinhá Moça (1953). A atuação de Ruth de Souza em Sinhá Moça, rendeu-lhe a ser a primeira atriz brasileira a ser indicada para o prêmio internacional Leão de Ouro no Festival de Veneza, em 1954.

a cabana do pai tomas
Ruth em “A Cabana do Pai Tomás” Imagem: divulgação

Ruth de Souza atuou em várias radionovelas e nos teleteatros das tvs Tupi e Record. Sua primeira novela foi ao ar em 1965 quando atuou em A Deusa Vencida, na TV Excelsior, indo logo após para a TV Globo na trama Passo dos Ventos  passando a integrar-se ao elenco da Rede Globo em 1969 e tornar-se a primeira atriz negra a protagonizar uma novela em A Cabana do Pai Tomás, um marco para a história da teledramaturgia. Desde então, Ruth de Souza atuou em mais de 30 novelas, mais de 30 filmes e 25 peças em 50 anos de carreira.

Em entrevista para a Folha, a triz recordou pontos cruciais de sua carreira, inclusive que “Riam de mim quando eu dizia que queria ser atriz”, contando sua história de luta contra o racismo.

Em entrevista para o Portal Uol em 2016, Ruth de Souza, aposentada desde 2010 afirma quando questionada sobre o racismo no país que tudo é uma questão de educação. “Falta educação. A pessoa que tem educação, não tem preconceito racial”, afirmou.

Vale ressaltar que quando Ruth entrou para o teatro, as pessoas brancas ainda se pintavam de preto de forma caricata e pejorativa para interpretar um personagem negro nas peças.

 “O cinema sempre deu mais oportunidade para o negro, desde o Grande Otelo. Eu tive sorte na continuidade de trabalho, tanto no teatro quanto na televisão: não parei nunca nesses 50 anos. Sempre tive trabalho, mas são poucos os negros que têm. Isso foi benção de Deus.” Ruth de Souza – entrevista 

Em suas entrevistas, Ruth nunca deixa de citar aqueles que foram importantes para a sua carreira, de uma maneira simpática e elegante. A atriz recebeu vários prêmios nestes 50 anos de carreira, entre eles dois prêmios Saci (Sinhá Moça e Fronteiras do Inferno) e o de Melhor atriz no Festival de Gramado em 2004 pelo filme Filhas do vento.

ruth-centro-em-filhas-do-vento-que-lhe-rendeu-premio-de-melhor-atriz-em-gramado-1479501327052_615x300
Ruth em “Filhas do Vento” Imagem: Divulgação

Inspiração para todos nós, em especial para atores negros, Ruth de Souza sempre lidou com o racismo, numa época em que poucos tinham voz.

Em 2015, Julio Cláudio da Silva lançou o livro que não li, mas pretendo fazê-lo em breve “Uma Estrela Negra no teatro Brasileiro – relações raciais e de gênero nas memórias de Ruth de Souza”, onde traz detalhes sobre a biografia desta grande atriz, referência e inspiração para a arte afro-brasileira.

Fonte de talento e força. Ruth de Souza é uma das mulheres que nos inspira.

Kelly Souza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s