Sem categoria

Caras pessoas brancas, assistam esta série

“Queridas pessoas brancas esta é um a lista de fantasias aceitáveis de Dia das Bruxas: pirata, enfermeira, os primeiros 43 presidentes. A principal das fantasias inaceitáveis: eu.”

Para quem está acompanhando os lançamentos do cinema e TV, já assistiu o filme “Dear White people” (Caras pessoas brancas). Com muita ironia, o filme se passa num campi de uma universidade nos EUA onde o racismo é algo escancarado. Após uma festa chamada “Caras pessoas negras”, onde às pessoas brancas foram convidadas a se fantasiarem de negros, a bomba da tolerância estoura.

DearWhitePeople-014

Sam tem um programa de rádio onde expõe certas pessoas e suas atitudes racistas. Obviamente que nem todos gostam, pois incomoda.

Em 2017, meio às centenas de lançamentos, Netflix nos presenteou com a série “Caras pessoas brancas” que segue o enredo contado no filme. Infelizmente, a série não conta com os mesmo atores, mas os atuais são tão bons quanto os do filme. 

dear-white-people

Assim que anunciada pela Netflix, várias pessoas brancas se sentiram ofendidas, dizendo que a série apoiava a segregação e o tal “racismo reverso”. O teaser da série do YouTube foi o que mais teve curtidas negativas entre todos os outros lançamentos da Netflix. O que nos faz pensar que a série é realmente necessária, não é mesmo? Esse desconforto e este medo causado por uma série onde verdades são ditas sem medo, só nos fez querer assistir ainda mais.

caras pessoas brancas
Reportagem Site Omelete

A questão sobre o racismo na universidade é discutido com maestria. Com muito humor e uma porção de ironia, a série além de apontar o racismo, também expõe os questionamentos dos próprios grupos de resistência. Questões sobre o colorismo, onde uma garota de cabelo natural mas de pele clara, é questionada por uma outra de pele escura mas de cabelo alisado, “quem afinal de contas é mais negra?” Questões de gênero, classe  e relacionamentos interraciais são abordados de uma maneira clara e objetiva, como acontece quase todos os dias.

dear-white-people-4.w710.h473.2x.jpg

Me identifiquei muito com cada episódio. A cada início de frase “caras pessoas brancas…” já sabia que concordaria com o que viria a seguir. 

A série que já está disponível na Netflix desde 28 de abril e tem 10 episódios de aproximadamente 30 minutos cada um, que passam tão rápidos que a gente fica querendo mais. Racismo, colorismo, relacionamento interracial, violência policial e questões de classe são discutidas de forma direta e objetiva, mas ao mesmo tempo com humor e um roteiro bem escrito.

Para quem ainda não assistiu nada sobre, recomendo que assista o filme antes da série. A experiência dos 10 episódios será mais aproveitada. 

Série essencial! Parabéns, Netflix. Você acertou mais uma vez, estamos aguardando ansiosos a segunda temporada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s