Literatura, TV

Roots – A história de Kunta Kinte

Roots ou “Negras Raízes“, como ficou conhecido no Brasil, livro de Alex Haley publicado em 1976 pela editora Record, é uma obra prima que nos faz sentir pertencentes a uma cultura e nos orgulharmos de sermos de onde somos.

Livro-negras-raizes-roots

Nascido em Ithaca, Estados Unidos, Alex Haley deu vida ao seu gosto pela escrita, para passar o tempo durante sua permanência trabalhando na guarda costeira dos EUA e demonstrando sua habilidade, tornou-se o jornalista-chefe da Guarda Costeira.

Após sua aposentadoria, Haley trabalhou como freelancer por um tempo e foi contratado pela revista Playboy para começar uma série de entrevistas para o editorial. O escritor entrevistou nomes importantes como Martin Luther King Jr., Sammy Davis Jr., Quincy Jones e Malcon X. Sua entrevista com Malcon X gerou o seu primeiro livro publicado em 1965, a “Autobiografia de Malcon X”.

alex-haley.png

Negras Raízes conta a história de Kunta Kinte e sua família em Juffure, localizada em Gâmbia, na África Ocidental. A trama gira em torno da cultura do povo de Juffure e da ida de Kunta para a América do Norte, vendido como escravo.

 

trecho-raizes.png

Obviamente como toda obra baseada em fatos relacionados à escravidão, o livro nos traz dor e ao mesmo tempo paixão pela África. Kunta sofre muito, como é de se esperar na sua nova vida como escravo, após receber um novo nome.

O livro conta com 646 páginas muito bem escritas, resultado de 20 anos de pesquisa de Alex Haley. Alguns críticos dizem não atestar que as histórias descritas no livro são reais e classificam o livro como ficção.

A obra de Alex Haley foi adaptada duas vezes para a TV. A minissérie exibida nos EUA em 1977, dividiu-se em 12 episódios exibidos originalmente em dias corridos. Dirigida por David Greene, Gilbert Moses, Marvin J. Chomsky e John Erman e produzida por Stan Margulies. Entre os atores principais estiveram Robert Reed, LeVar Burton e Leslie Uggams.

roots-minisse.jpg
Minissérie Roots (1977)

Durante sua exibição, garantiu quase 72% da audiência da TV americana, garantindo atualmente 8,5/10 pontos no IMDB ( Internet Movie Database é uma enciclopédia virtual dedicada ao cinema e à TV). No Brasil a série foi exibida pela rede Globo na década de 70 e reprisada mais tarde pelo SBT.

Atualmente o canal History adaptou mais uma vez a obra, dividida em quatro episódios. A história de Kunta Kinte foi recontada dessa vez com mais recursos, mas com a mesma emoção. Com nota 7,8/10 no IMDB, tem como atores de destaque Jonathan Rhys Meyers, Malachi Kirby, Forest Whitaker e Laurence Fishburne. A minissérie foi indicada ao Emmy, na categoria Melhor Minissérie.

roots-history
Roots exibida pelo History Channel

Foi possível rever a cultura, a história da família de Kunta, assim como toda a sua trajetória desde seu nascimento até seu destino como escravo na América. A resistência e a importância de seu nome, faz com que Kunta Kinte sofra bastante ao ser obrigada a assumir um “novo” nome de escravo. Acreditava-se que o nome era o espírito, um escudo.

“Aproximou-se da esposa, pegou o menino e levantou-o. Observando atentamente por todos, sussurrou três vezes no ouvido do filho o nome que escolhera para ele. Era a primeira vez que aquele nome era pronunciado como sendo o da criança.  O povo de Omoro achava que um ser humano devia ser o primeiro a saber quem era.” Trecho de Negras Raízes

 

Livro e séries surpreendentes que valem e muito nosso tempo investido. Certeza de que mesmo sem conhecer a obra, você já se deparou com “King Kunta” ou “Rei Kunta Kinte” em alguma frase ou música (Kendrick Lamar) por ai .

Leiam e assistam!

bbp_texto

 

 

 

Anúncios

7 thoughts on “Roots – A história de Kunta Kinte”

  1. Ontem assisti a série raízes no canal history.amei e queria ver desde a adolescência quando reprisou no SBT. Sou descendente de negros e índios. Minha mãe era negra filha de minha avó neta de Índia. Amei eh muito sofrido mas conta a história de nossos antepassados. Realmente maravilhoso.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s