TV

Underground: uma série sobre a liberdade

A série Underground estreou este ano no canal norte americano WGN (o mesmo canal da série Salem) e sua aprovação foi garantida antes mesmo de passar pelo piloto.

Underground foi escrita por Misha Green (de Sons of Anarchy- maravilhosa por sinal) e Joe Pokaski (de Heroes), conta com produção executiva de Jhon Legend. A série é produzida pela Sony TV em parceria com a Weed Road Pictures / Safhouse Pictures  e tem seu enredo situado no período pré-Guerra Civil.

serie-underground-.png
Underground

A série Underground gira em torno de escravos da Geórgia que decidem criar um plano de fuga e recebem ajuda de abolicionistas brancos e ex-escravos que fazem com que os negros escravos consigam ficar em liberdade, meio a vários mercenários que pretendem pegá-los a todo custo. A rota de fuga inclui passar por uma estrada de ferro clandestina.

O elenco conta com  Aldis Hodge, Jurnee Smollett-Bell, Christopher Meloni, Alano Miller e Adina Porter. Grande parte do elenco trabalhou em séries alternativas e que infelizmente não estão disponíveis no Brasil, mas todos são excelentes.

elenco-underground-serie.jpg

Além da fuga, os episódios de Underground nos mostram o interior da casa grande, onde as mulheres negras escravas cuidavam da família e do gosto dos seus senhores (sexualmente falando, inclusive como sabemos), assim como a senzala e os escravos que eram explorados na colheita do algodão.

Observando o elenco da série, podemos entender muito bem o motivo de termos muitos negros de pele clara, durante os episódios. Sempre procuro observar isso, se há mulheres negras, se são de pele clara, se aquele papel deveria ser de uma negra de pele mais escura ou o contrário e até se há foco em pessoas brancas quando na verdade o papel principal deveria ser de um negro, fora os clichês racistas. Enfim, paranoia da representatividade na tv. Underground não me decepcionou.

underground-serie-primeira-temporada.png
Underground

Infelizmente até o momento temos somente a primeira temporada com 10 episódios que passam surpreendentemente muito rápido ( os episódios tem duração de 40 minutos).

O caráter religioso estabelecido nas relações entre senhores e escravos também é extremamente evidenciado, assim como o apagamento da cultura africana.

Sempre penso bastante antes de ler um livro ou assistir qualquer série ou filme que remetem à escravidão. Primeiramente porque quase sempre são escritas e dirigidas por pessoas brancas e quase sempre não nos passa nenhuma credibilidade, queiram vocês ou não. Confesso que o fato de ter uma mulher negra à frente, muito me empolgou.

underground_misha_joe.png
Misha Green e Joe Pokaski

A trilha sonora é incrível e com as músicas de artistas negros contemporâneos. Compõem a trilha Kanye West, Ibeyi, John Legend e The Weeknd. E essa música incrível da abertura Heaven’s Door, é interpretada por Alice Smith, escrita por Angelique Cinelu e Curtis Richardson, com a produção de John Legend.

E se você não conhece esse duo de irmãs gêmeas que cantam em inglês e Yorubá, aproveite para conhecer Ibeyi:

Devido ao sucesso, com mais de 3 milhões de telespectadores,  Undergound já tem a segunda temporada já foi confirmada para 2017. Esperamos ansiosamente pela segunda temporada e que seja tão boa quanto à primeira.

Finalmente, começaram a acertar os pontos.

 

bbp_texto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s